Sindicato dos Estivadores e Trabalhadores em Estiva de Minerios do Rio de Janeiro - SETEMRJ

Sindicato dos Estivadores e Trabalhadores em Estiva de Minerios do Rio de Janeiro

Todas Notícias

Sindicato dos Estivadores e Trabalhadores em Estiva de Minerios do Rio de Janeiro - SETEMRJ
notícias 

NAVIO-PORTO A 24 MILHAS DA COSTA BRASILEIRA PRÓXIMA A AMAZÔNIA TRAZ PREOCUPAÇÃO


Publicado em 22/01/2017

Este projeto navio-porto precisa ser esclarecido pelas autoridade brasileira, pois não há maiores informações. O Congresso Nacional precisa se posicionar, pois é dito que independe de autorização do governo brasileiro a operação do navio-porto, e ele estará isento de qualquer tributação caso seja construído. 24 milhas da costa brasileira, salvo engano, interfere na segurança nacional. Por isso, que haja audiência pública para os devidos esclarecimentos ao povo brasileiro.


Um consórcio formado por 40 empresas especializadas em navegação, entre nacionais e estrangeiras, projeta construir um navio-porto a 24 milhas da costa, entre os Estados do Amapá e Pará. A estrutura portuária visa atender ao Amazonas, nos segmentos do comércio e indústria. O projeto, que é capitaneado pela empresa IV PartnerShip, destinará o investimento de US$ 400 milhões. A ideia é que a construção do navio inicie no segundo semestre deste ano.

O diretor executivo da IV PartnerShip, Fernando Valente, explica que a empresa desenvolve o projeto há 4 anos, período em que o consórcio analisou as questões logísticas, de comunicação e de fornecimento de energia às empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM). Como conclusão, as empresas entenderam a necessidade de uma alternativa ao fornecimento de produtos à capital amazonense por menores custos logísticos.

Segundo Valente, o navio-porto receberá insumos da Europa, Estados Unidos e Ásia. A estrutura reunirá tecnologia avançada utilizada por todas as empresas integrantes do consórcio, especializadas em áreas como geração de energia, marinização, fabricação de guindastes, entre outras. O navio terá dimensão de 511 metros por 297 metros. Deste total, uma área de 40 mil metros será destinada a instalação de escritórios, clínicas ou demais negócios. A estrutura conterá ainda, quatro berços de atracação, dois externos e dois internos, com capacidade de receber navios com as maiores dimensões com até 400 metros de comprimento. 

"A área onde o navio será construído não integra o território brasileiro. Logo, é um território isento de cobranças de tributos relacionados a qualquer operação. Não dependemos da autorização do governo para operar. Isso vai beneficiar o operador portuário, os donos dos navios e a indústria. Consequentemente, o cidadão sentirá a redução no valor do produto final", explica. "O navio que atracar na área desse porto em alto mar também está isento de apresentar documentações que são exigidas em território nacional. Mas, o documento da carga precisa apresentar", completa.

De acordo com o empresário, o transbordo de contêineres acontecerá por meio de uma plataforma de compensação hidráulica, um equipamento que permite um equilíbrio do navio em alto mar. A carga poderá ser armazenada no porto e movimentada conforme a orientação da empresa, proprietária da carga por meio de balsas. Ele reforça que haverá maior demanda aos proprietários de balsas para o transporte dos contêineres até Manaus.

"A área será comandada pelas empresas locatárias. Uma empresa instalada em Manaus poderá ter uma filial no navio-porto e administrar com maior facilidade as cargas recebidas no navio. A empresa estará isenta de impostos. Estamos em fase de busca de parceiros para implementar o projeto", informa.
SAIBA MAIS
Fundos destinam R$ 21 bilhões em investimento para a AmazôniaSetor de componentes fortalece Zona Franca de Manaus na área de informáticaInvestidores japoneses têm interesse na indústria de alimentos do Tocantins

Utilização do polo naval

Na primeira fase do projeto, pelo menos três empresas estrangeiras instalarão filiais em Manaus, especificamente na área pretensa à utilização do polo naval, no bairro Puraquequara, zona leste. O diretor executivo comenta que as peças utilizadas no processo de montagem do navio-porto serão fabricadas pelas empresas navais. Por isso, ele ressalta, que há pressa quanto à divulgação do projeto aos futuros parceiros (operadores portuários e proprietários de navios).

"Precisamos que o polo naval comece a funcionar para que atenda à demanda do navio-porto. As três empresas internacionais já estão preparadas para instalar escritórios na capital. Haverá fabricação de contêineres, de guindastes e demais peças", comenta.

Fonte: Portal Amazônia/Priscila Caldas


fonte: Portal Amazônia
 
[« voltar]   [índice de notícias]
Aniversariantes de Fevereiro

MENSAGEM DE ANIVERSÁRIO



Aos estimados companheiros e companheiras, estivadores e funcionários(as)!
Que Deus possa proporcionar a todos(as) os(as) aniversariantes um dia muito especial, repleto de surpresas positivas, que lhes gerem alegrias ao lado de seus familiares e amigos, como também junto aos companheiros e as companheiras de trabalho, neste momento de renovação da fé, amor e paz em seus corações.
Que esta data comemorativa de mais um ano de vida possa ser desfrutada por muitos mais anos à frente, e com o nosso trabalho preservado e até ampliado, para isso devemos estar junto e comprometidos com a luta em defesa dos direitos e interesses da família estivadora e do povo brasileiro.
Que o Senhor Deus os abençoe neste e em todos os dias da vida de cada um dos aniversariantes, concedendo-lhes muitos anos de vida, amor no coração e fé.

Feliz aniversário, e parabéns!

A DIRETORIA DO SETEMRJ.


ASSOCIADOS



Luiz Carlos do Rego- 01/02/1954
Luiz Carlos Dutra Brito- 01/02/1965
Evandro Gonçalves Pereira- 02/02/1952
José Carlos do Nascimento- 02/02/1962
Jairo Vicente Casemiro- 04/02/1954
Roberto Carlos da Silva- 05/02/1972
Mario Luiz Pereira Nogueira- 05/02/1971
Washington Luiz Tomaz da Silva- 05/02/1960
Delson de Almeida Guimarães- 05/02/1967
Valdeci Dias da Silva- 06/02/1965
Geraldo Augusto Miguel- 07/02/1956
Marcos Flores Ferreira- 08/02/1961
Almir Borges da Silva- 08/02/1957
Carlos Evaldo de Souza- 09/02/1957
Roberto Venâncio- 12/02/1957
Eraldo de Alcântara Cardoso- 13/02/1958
Marlon Roberto dos Santos- 14/02/1957
Wagner de Miranda Cerqueira- 15/02/1959
Paulo Cesar do Nascimento Martins- 15/02/1953
Osvaldo Cardoso dos Santos Filho- 17/02/1962
Sergio Ricardo dos S. Eduardo- 19/02/1960
Paulo Cesar de Oliveira Pinto- 20/02/1968
José Luiz de Oliveira- 14/02/1963
Jorge Luiz Coutinho Torres- 20/02/1969
José Santos de Lyra- 20/02/1959
Fabio da Silva Tavares- 21/02/1970
Rosivaldo Teixeira Vaz- 21/02/1968
Severino Ribeiro de Souza- 22/02/1962
Ubirajara Costa Souza- 23/02/1957
Ricardo Luiz de Castro- 23/02/1966
Mario Cesar Dias Teixeira- 24/02/1963
Milton Doria da Silva Filho- 28/02/
Milton da Silva Santos- 28/02/1953
Nourival Francisco Caetano- 28/02/1964


DIRETOR


14 fevereiro- Marlon Roberto dos Santos


FUNCIONÁRIOS


11 fevereiro- Fábio Ribeiro dos Santos




Links Importantes



  • Entidade sindical de representação dos estivadores, tanto na relação de trabalho de avulso quanto na de vinculo empregatício a prazo indeterminado, seja dentro ou fora da área do porto organizado, como categoria profissional diferenciada, em consonância com a Lei 12.815.

  • Rua Antonio Lage, 42 - Saúde | Rio de Janeiro - RJ - Brasil | (21) 2516-9145 / 2516-2187 / 2253-5743 | correio@estiva-rj.com.br

Todos os Direitos Reservados © 2016 - SETEMRJ - by Endrio.com.br